20 outubro, 2007

do mar

© Rui Fonseca

Nasceu em Lisboa um novo espaço inteiramente dedicado à fotografia.
Apesar de ter aberto as portas apenas há uns dias, o projecto da Galeria P4 não está a dar os primeiros passos. É mais um refresh e uma mudança geográfica do trabalho que Luís Trindade tem desenvolvido nesta área.
A Galeria P4, que na loja do CCB já mostrava pequenas exposições, instalou-se na R. dos Navegantes (Lapa) dentro de uma antiga casa de habitação. As fotografias da exposição que deu o tiro de partida, Atlas, espalham-se pelas divisões, onde se pode encontrar ainda uma pequena livraria. Todos os artigos de conservação e restauro comercializados pela loja passaram também a estar aqui disponíveis.
Atlas mostra o trabalho a preto e branco de três fotógrafos portugueses: Carlos M. Fernandes, Rui Fonseca e João Mariano. Entre eles, dois elos de ligação: a costa e o mar. O texto do catálogo, do qual se fizeram apenas 50 exemplares, é de Madalena Lello.
Boa sorte.

Atlas
De Carlos M. Fernandes, Rui Fonseca e João Mariano
Galeria P4, Rua dos Navegantes, 16
De seg. a sáb., das 15h00 às 20h00
Até 10 de Janeiro

2 comentários:

CMF disse...

Sérgio, não é tanto o "mar português", até porque as minhas imagens são todas da Islândia (e o Rui tem algumas da Noruega). Embora num sntido metafórico possa ser uma leitura interessante (o mar português, como palco de um país de navegantes), é só do mar apenas que trata Atlas, o Atlântico, mas isso acaba por ser apenas um pretexto (e no caso das minhas fotografias, a sua presença é apenas sugerida). Escrevi um curto texto sobre uma possível leitura da temática, que vai mais além do Atlântico. Aqui: http://no-mundo.weblog.com.pt/arquivo/401468.html

Um abraço.

Sérgio B. Gomes disse...

Carlos, obrigado pela correcção. Juro que lavei a cara hoje de manhã antes de escrever este pequeno post, mas parece que a água não foi suficiente para me devolver o discernimento e a concentração. Vou modificar o post para que não transporte os leitores para mares que não aqueles por onde as vossas fotografias nos querem levar. E agora, depois de ter visto as imagens com atenção (não li as legendas), prometo ler o teu texto sobre Atlas.

Abraço

 
free web page hit counter