16 agosto, 2007

+ tempo

Centro Português de Fotografia, Cadeia da Relação
(Paulo Pimenta/Público)

O horário das salas de exposições do Centro Português de fotografia sempre foi um dos seus principais defeitos. É um pecado ter aquele espaço aberto ao público apenas durante 3 horas aos dias de semana e 4 aos fins-de-semana. Nunca compreendi muito bem essa política de horário reduzido que sempre vigorou no CPf. Desconheço se é por receio de não ter pessoas nas exposições ou se não havia recursos para garantir o funcionamento de todo espaço (quantas pessoas são necessárias para abrir e fechar as portas da Cadeia da Relação?). A verificar-se uma ou outra coisa - ou as duas - não deixa de ser absurdo que a principal instituição ligada à fotografia no país não abra as portas pelo menos aos sábado e aos domingos de manhã.
Hoje a direcção interina do CPf fez saber que vai alargar o horário das salas de exposição "a título experimental" (experimentar o quê?). E revela que esta decisão foi tomada tendo em conta a “reorganização dos serviços do CPF" e a "rentabilização dos efectivos disponíveis”. Não sendo bem uma justificação, não deixa de ser uma explicação estranha e curta esta. Fica a pergunta: se com o mesmo número de funcionários (duvido que se tenham contratado mais pessoas) é possível agora manter todas as salas disponíveis mais tempo, por que é que não se tomou esta decisão antes? Ou foi tudo apenas uma questão de "reorganização" e "rentabilização"?
A mudança anunciada passa essencialmente por abrir mais duas horas e meia nos dias úteis. O absurdo no horário de fim-de-semana mantém-se.
Bom, interessa sobretudo que a partir de agora, e pelo menos durante este tempo de "experimentação" (apenas até ao fim de Setembro, dizem), será possível ver fotografia no CPf com horários um pouco mais maleáveis. Imagino que quem se desloca muitas vezes ao Porto de propósito para ver as exposições patentes na Cadeia da Relação agradecia até um pouco mais de ousadia. Já faço figas para que "a experiência" resulte em cheio.

Novo horário do CPf :
»»De terça a sexta-feira, das 10h00 às 12h30 e das 15h00 às 18h00;
»»Sábados, domingos e feriados das 15h00 às 19h00.

2 comentários:

Rui M. disse...

Eu sou um exemplo "vivo" dos horários absurdos do CPF, já fiquei muitas vezes a vaguear pelos clérigos sentado por ali, gastar tempo na fnac, etc... Vou de autocarro quase sempre (+/- 100km), às vezes dá para aproveitar a manhã para fazer uns compromissos, mas depois esperar até às 15h00... Que longa espera. Viva o novo horário.

Gonçalo Afonso Dias disse...

Parabéns pelo blog! A divulgação da arte e da cultura é sempre um motivo de satisfação.
A fotografia, tão mal tratada e pouco compreendida, especialmente.

 
free web page hit counter