17 agosto, 2006

Para Colónia

Nan Goldin, Jimmy Paulette + Taboo, I`m Bad, Nova Iorque, 1991


No xadrez, quando o peão atinge a oitava linha adversária pode transformar-se noutra peça, mais poderosa, com mais liberdade de movimentos, como a rainha, por exemplo. Uma metamorfose sacrificial que pode mudar o rumo do jogo. Transformar o que parecia perdido. Tornar vencedor o quase vencido. Vencido o quase vencedor.
Esta transfiguração do peão no xadrez serviu de mote a Eighth Square, a exposição com que o Museu Ludwig (Colónia, Alemanha) quer “tirar do armário” a reflexão sobre comportamentos sexuais marginalizados, desconstruir “o discurso heterossexual sobre género”, alertar para a discriminação política, social e artística exercida sobre a liberdade de opção sexual. E questionar: “o que é que significa o desejo divergente?”; “como é que o mundo olha para os homens femininos e para as mulheres masculinas?”.
Eighth Square, que o Museu Ludwig diz ser a primeira mostra - de fotografia e não só - com uma aproximação crítica às “sexualidades marginalizadas”, reúne 260 trabalhos de 80 artistas, desde os anos 60 até ao presente.
Entre os nomes seleccionados há uma verdadeira constelação de estrelas, entre as quais: Diane Airbus, Francis Bacon, Mattew Barney, Louise Bourgeois, Brassaï, Gilbert & George, Nan Goldin, David Hockney, Jasper Johns, Robert Mapplethorpe, Tracey Moffatt, Bruce Nauman, Robert Rauschenberg, Cindy Sherman, Wolfgang Tillmans, Jeff Wall e Andy Warhol.

The Eighth Square - Gender, Life, and Desire in the Arts since 1960
Entre 19 de Agosto e 12 Novembro
Ludwig Museum
Bischofsgartenstraße 1, 50667, Colónia
Telefone: 49 221 221 261 65
Fax: 49 221 221 24 114
Mail: info@museum-ludwig.de
De Ter. a Dom. das 10h00 às 18h00.
Primeira sexta-feira do mês das 10 às 22h00.
Fechado às segundas-feiras.

1 comentário:

aurora disse...

e de novo, a aurora a lembrar-se de ti: cindy sherman, em paris.(acho que me tornei corto maltese, sempre em viagem)

 
free web page hit counter