17 dezembro, 2008

movimento + variedade

Robert Frank, The Americans
© Robert Frank

É raro ter este movimento e esta variedade de pessoas na rua. Robert Frank explica no New York Times por que é que esta é uma das suas fotografias preferidas da sua obra-prima The Americans, que está a comemorar 50 anos.

3 comentários:

Anónimo disse...

Que interessante! Por vezes nem se percebe ao certo do que depende uma boa fotografia. Um pouco de agudeza de um olhar atento, de sensibilidade, de engenho…mas também de… surpresa! Como se houvesse algo da ordem do imprevisível e inesperado, de algum modo tocante, que se mistura com o traço subjectivo e pessoal. Naquele momento e local, sem pose ou previsão, toda aquela gente diversa e plural se conjugou sem querer e couberam em diversidade e em síntese num rectângulo de uma forma tão certa como se tudo tivesse sido encenado mas com aquela frescura do que não requer ensaios! Houve alguém que notou e assim ficou.

M0rph3u disse...

Como se fosse um olhar para um palco... no entanto e' real (ou foi).

Anónimo disse...

O "real" custa-me. Prefiro sempre outro termo…

 
free web page hit counter