31 agosto, 2008

no chão

(© Kim Kyung-Hoon/Reuters)

É tão diferente o chão que estes dois corpos beijam. É tão desigual a causa que os deitou por terra. Usain Bolt olha para o céu em êxtase, coberto de glória. O monge tibetano esfrega a cara no alcatrão húmido em desespero, coberto de humilhação. É sempre comovente e extraordinária a multiplicidade de emoções que o mesmo acontecimento pode gerar.


(© Manpreet Romana/AFP)

3 comentários:

Anónimo disse...

Que interessante este post! Bem visto e deveras tocante. Duas imagens e um parágrafo e está tudo lá, em síntese e em força!

Anónimo disse...

O caminho para cima e para baixo são o mesmo, por mais diferentes que pareçam.

vanessa lopes disse...

muito comovente a foto do moge, percebe-se sua hmilhacão e ao mesmo tempoa dignidade deste homem.
adorei o blog

 
free web page hit counter