19 agosto, 2008

100

Julia Margaret Cameron, Mrs. Herbert Duckworth, 1867
(The Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque)


Uma visita à exposição Framing a Century: Master Photographers, 1840-1940, patente no Metropolitan Museum de Nova Iorque, motivou uma crónica de António Muñoz Molina no El País (Babelia) que vale muito a pena ler.
A exposição do Met conta os primeiros 100 anos da história da fotografia através de trabalhos de figuras obrigatórias como Gustave le Gray, Roger Fenton, Carleton Watkins, William Henry Fox Talbot, Julia Margaret Cameron, Nadar, Édouard Baldus, Charles Marville, Eugène Atget, Walker Evans, Man Ray, Henri Cartier-Bresson e Brassaï.

O texto Una línea de sombra pode ser lido aqui
As informações sobre a exposição estão aqui

1 comentário:

CMF disse...

Vi a exposição há poucas semanas e recomendo sem reservas. O que impressiona mais é a modernidade de alguns pioneiros, coisa que muitas vezes só reparamos quando somos confrontados com as provas vintage.
Já agora, e como complemento (para quem tiver a sorte de passar por nova iorque nos próximos dias), sugiro a exposição On the Refrain, na galeria Robert Mann (210 11th avenue). Mais clássicos, mais vintage. Excelente.

 
free web page hit counter