20 junho, 2008

leibovitz II

Isabel II
(© Annie Leibovitz. De Annie Leibovitz: A Photographer's Life, 1990–2005)


(Público, P2, 20.6.2008)

A imagem da rainha de Inglaterra, captada numa sessão conduzida por Annie Leibovitz, que foi utilizada num documentário sobre Isabel II para a BBC, editada de forma a parecer que a rainha tinha abandonado abruptamente o estúdio, vai ser exposta pela primeira vez numa galeria. A National Portrait Gallery de Londres mostra a foto que foi usada numa apresentação à imprensa do documentário e que, depois de desmentida a suposta zanga da rainha, custou o emprego a Peter Fincham, da BBC One, responsável pela continuação do engodo.
Um ano depois da polémica, a fotógrafa norte-americana diz que o assunto a diverte e comenta que os autores do programa "se enganaram redondamente" quando montaram as imagens. Na verdade, a foto é do momento em que Isabel II chegava à sessão, um pouco agastada por ter de envergar toda a vestimenta real.
Mas a exposição Annie Leibovitz: A Photographer's Life, 1990 - 2005 mostra muito mais: passa em revista as imagens mais carismáticas da sua carreira, tanto profissional quanto pessoal. Como a capa da Vanity Fair com uma Demi Moore muito grávida, a eleição de Hillary Clinton para o Senado ou Sarajevo no início da década de 1990. Ou ainda a vida de Leibovitz com Susan Sontag até à morte da escritora e imagens icónicas, como a capa de Born in the USA de Bruce Springsteen ou a foto de John Lennon a beijar Yoko Ono cinco horas antes de ser assassinado. Cerca de 150 retratos estarão em exposição entre 16 de Outubro e 1 de Fevereiro de 2009.

O resumo das sessões de retrato com a rainha estão aqui.


Annie Leibovitz, Susan at the House on Hedges Lane, 1988
(© Annie Leibovitz. De Annie Leibovitz: A Photographer's Life, 1990–2005)

 
free web page hit counter