08 abril, 2008

dominar

Abdullahi Mohammed com Mainasara, Ogere-Remo, Nigéria 2007
(© Pieter Hugo)


Era uma imagem que não conhecíamos. Ou pelo menos a que não estávamos habituados. A imagem das hienas como animais de estimação, como bichos orquestrados (orquestráveis!) para fazer gracinhas e malabarismos circenses. Tínhamos delas a lembrança da boca esfomeada a salivar. Da matreirice inteligente. Do riso mentiroso. Do sentido de oportunidade. Da besta indomável. E agora Pieter Hugo vem-nos mostrar outra coisa - a imagem desse animal indefinido, que nem é cão nem é leão, subjugado aos Gadawan Kura, os guardiões de hienas em língua Huasa. É uma imagem que nos causa desconforto e espanto. E que nos cativa, mais pela agressividade latente do que pela novidade do número. Os Kura usam estas criaturas de pêlo espetado como trampolim social - quem as domina é forte - e como engodo para atrair multidões nas ruas de Lagos, onde, depois da exibição do poder das vergastas e das correntes, vendem remédios manhosos e curandices várias.
Pieter Hugo viajou por duas vezes à Nigéria para retratar esta realidade. O resultado desse trabalho, que foi reconhecido no World Press Photo do ano passado, foi agora editado no álbum The Hyena & Other Man.

Para ler a explicação de Hugo sobre a concretização deste projecto clique aqui.

Mallam Mantari Lamal com Mainasara, Nigéria 2005
(© Pieter Hugo)

1 comentário:

paranoiasnfm disse...

É obra!

E ela não é pequenina.

 
free web page hit counter