22 dezembro, 2007

olá Pocoyo+pausa




Podes ajudar o Pocoyo?
Quem é que tu achas que tem a máquina fotográfica?


Ele vinha mais ou menos escondido. No meio das Crónicas de Narnia, do Ratatui e de outros que tais. POCOYO estava lá, quase esmagado por outros livros, mas prontinho para nos tirar retratos com a sua polaroid verde. E, à partida, nem era para mim. Eu seria só mais um “intermediário” nesta viagem dos livros pelo imaginário de cada um. Só que, confesso, esta história do POCOYO à procura do maquinão perdido conquistou-me e já não o consegui embrulhar em papel cinzento com estrelas brancas. Para já, este Pocoyo tira fotografias fica para mim. Pode ser Rita?

Fui comprar outro livro do Pocoyo ali acima.
Volto lá para princípios de 2008. Até já.

5 comentários:

Anónimo disse...

Que post tão estranho e desprovido de sentido...

Ana Tarouca disse...

Eu também acho uma imensa graça ao Pocoyo e seus amigos...presenteei os meus filhos com brinquedos deste bonequinho tão simpático mas devo dizer que eu, nos meus 35 anos acho que ainda sou maior fã...
Sou visita assídua neste blogue que acho ter imensa qualidade. (Também adoro fotografia, tirei dois cursos...e sou viciada em fotografia e no seu tratamento digital. Já tive laboratório em casa e tudo. :) )
Beijos e votos de um bom 2008.
Ana Tarouca

syl disse...

Porque será que são os "anónimos" que fazem sempre os comentários/críticas destrutivos/as?

rita disse...

Claro que podes (podias), Sérgio.

Esconder o "Pocoyo Tira Fotografias" no meio de outros livros não foi inocente...

Bom ano e boas imagens.

Rita

P.S. -- Desculpe-se o atraso deste comentário, mas eu e os meus computadores fomos vítimas de uma cera "dislexia funcional"...

Rita disse...

Confirma-se a dislexia. Onde se lê "cera" leia-se "certa".

Rita

 
free web page hit counter