03 agosto, 2007

arbus + woodman

Francesca Woodman, sem título, Providence, 1976
(Cortesia George e Betty Woodman)

Por ocasião da publicação do livro Francesca Woodman e do lançamento do DVD Fur - Um Retrato Imaginado de Diane Arbus, Bruno Horta escreveu há dias no P2 um artigo onde aborda algumas coincidências que unem as duas fotógrafas americanas. Horta falou com Maria do Carmo Serén, historiadora e colaboradora do Centro Português de Fotografia, e com Shelley Rice, professora de Estética da Universidade de Nova Iorque, para tentar enquadrar melhor o percurso destas duas mulheres fotógrafas, ambas atormentadas por fantasmas, ambas suicidas.

Francesca Woodman, da série From House, Providence, 1976
(Cortesia George e Betty Woodman)

Francesca Woodman, sem título, Boulder, Colorado 1976
(Cortesia George e Betty Woodman)

3 comentários:

meninadomundo disse...

Estive a passar os olhos pelas fotos e adorei! :)

Sofia Silva disse...

Curioso. Li o artigo quando saiu no público e embora estas sejam duas das minhas grandes referências, não posso dizer que as encontre no mesmo universo. A menos que as queiramos encontrar. Porque fantasmas todos temos... Fica outra referência: Ana Mendieta. Também ela mulher, fotógrafa,com seus fantasmas, também ela "suicida".

amantedearte disse...

se formos a ver qual é o verdadeiro fotografo que não enfrente os seus próprios fantasmas.

 
free web page hit counter