19 julho, 2007

PHE07»»PHE08

PHOTOESPAÑA2007
(© Nélson Garrido)

Há duas maneiras naturais de fugir ao calor: ir para debaixo da água ou para debaixo da terra. Assim que o ar condicionado do carro se desligou, ainda o bafo seco de Madrid era uma criança, optámos pela segunda hipótese. Enfiámo-nos logo debaixo da Plaza Colón, no Centro Cultural de la Villa, para ver a condição humana através da lente dos fotógrafos neorealistas italianos, entre 1932 e 1960. Foi estranho este ponto de partida no PHotoEspaña porque, à medida que víamos aquelas imagens a preto e branco, sala após sala, em vez de nos sentirmos de pés assentes na capital espanhola, naquele dia, viajámos para outro tempo e em direcção a um país que bem podia ser Portugal, de onde tínhamos vindo... (o texto completo está no P2 de hoje aqui)

»»A entrevista com Claude Bussac, directora do PHOTOESPAÑA2007, está aqui.
»»A entrevista com Alberto Martín, crítico de fotografia do El País, está aqui.
»»A entrevista com Joan Fontcuberta, fotógrafo, ensaísta e comissário, está aqui.
»»A entrevista com Sérgio Mah, novo comissário do PHOTOESPAÑA, está aqui.

3 comentários:

Madalena Lello disse...

Obrigado Sérgio por esta síntese de textos críticos sobre a PHE. Estive para ir a Madrid sobretudo para ver o Neorealismo italiano 1932-60, acabei por não ir, ao ler a última entrevista achei curioso ser a exposição que o Sérgio Mah mais gostou, tens alguma informação especial desta exposição?

Sérgio B. Gomes disse...

Olá Madalena. Vi a exposição sobre o Neorealismo. Também foi uma das que mais gostei, apesar de uma abordagem porventura demasiado exaustiva. No ponto de vista da informação complementar às imagens foi dúvida a melhor, entre as que tive tempo de ver. Mas conto fazer ainda um post com mais detalhes sobre o assunto.

Cláudia Camacho disse...

Olá Madalena,

Eu fui a coordenadora dos guiões das visitas guiadas da PhotoEspana07. Para além disso, fui a responsável por todas as visitas guiadas este ano da PhotoEspana. Contacte-me para: antiframe@gmail.com

Cumprimentos,
Cláudia Camacho

 
free web page hit counter