06 março, 2007

passar o muro

© Oleg Popov/Reuters

De um lado chamam-lhe o “muro da vergonha”, do outro “barreira de segurança”. O projecto Face to Face quer atenuar o peso das toneladas de betão que separam Israel e a Cisjordânia com caras bem dispostas de ambos os lados.
O muro suporta as imagens. Estamos a olhar para ele.
Por trás das imagens há muro. É certo.
O muro é de um material concreto. Inultrapassável.
Estamos a olhar para eles e sentimos que afinal é possível passar para lá - pela imaginação.
Em Belém, os rostos de israelitas e palestinianos estão do mesmo lado, para que se olhem e se compreendam.


© Oleg Popov/Reuters

2 comentários:

nunoamaro disse...

Bom seria que não existisse muro nenhum. Mas sempre torna menos vergonhoso o muro da vergonha.
Os meus parabéns para o trabalho que desenvolve neste blog. Há poucos blogs com tanta qualidade.

Cumps.

chapa disse...

Excelente forma de combater a violência do muro.
Gostei muito de passar pelo teu blog.

 
free web page hit counter