25 julho, 2006

Revolver II


"Un dia cualquiera, en guerra
Y ahí tienen la calle de Alcalá de Madrid, a la altura de Barquillo, un dia cualquiera de la guerra. Junto a los chicos hay una bomba sin estallar a la que no prestan atención porque les parece más excitante el objectivo del fotógrafo. Ello da ideia de hasta qué punto el horror, como el cuerpo a tierra, había devenido en algo cotidiano también para el fotógrafo, que dispara evidentemente desde el suelo. Nos gustaria tener un temperamento lo suficientemente cursi como para afirmar que las piedras que salpican la acera son las lágrimas de los edificios cercanos, pero en realidad son los dientes de las torres y áticos de la zona, cuyas bocas vacías clamaban al cielo. No sabemos, en la foto antigua, si es lunes o martes o sábado. En el Madrid sitiado no había pan, ni aceite ni dias de la semana. En cambio, juraríamos que la foto actual fue sacada un domingo"

Juan José Millás, EP[S], 9.07.2006

José Manuel Navia

5 comentários:

aurora disse...

www.fotoben.blogspot.com
sera que conheces, sergio?

Hermengarda disse...

Gostaria de congratula-lo pelo excelente blogue que tem conseguido suprir um défice de informação e de divulgação da arte photográpihica com grande qualidade e conhecimento da causa, mas também com uma simplicidade acessível até aos leigos na matéria (como é o meu caso).
Em relação ao post, é de uma grande oportunidade, não só pela qualidade das fotos, que revelam a capacidade dos fotógrafos de encontrar a beleza trágica da guerra, como tirar fotos geniais em tempo de paz (o que paradigmaticamente me parece mais difícil).
Tomarei ainda a liberdade para sugerir a leitura da Homenagem a Catalunha, do Georg Orwell, que não só tenta explicar o que foi a Guerra Civil espanhola, mas consegue criar imagens tão vívidas como as fotos publicadas, algures entre o trágico-cómico e o burlesco.

Sérgio B. Gomes disse...

Aurora, obrigado pela sugestão.

Sérgio B. Gomes disse...

hermengarda, não li o livro de Orwell de que fala. Pela descrição que faz parece interessante. Vou tentar encontrá-lo.
Escreva sempre

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
free web page hit counter