04 maio, 2006

"Discurso de mentira"

Augusto Alves da Silva, A Nossa Liberdade, vídeograma, 2004

Alguns teóricos da nossa praça mostraram-se recentemente muito preocupados com o "discurso de mentira" que está a ser cada vez mais potenciado pela imagem digital. O ciclo de debates que o Diário de Notícias está a organizar (Limites à Liberdade de Imprensa) dedicou na semana passada uma palestra a esta questão, onde intervieram o designer Henrique Cayatte (moderador), o escritor José Eduardo Agualusa e os críticos de arte Delfim Sardo e João Pinharanda.
Para Cayatte "a evolução tecnológica, a fotografia digital, pode levar à construção de um discurso de mentira", tendo em conta que, em caso de manipulação, são mais difíceis de detectar os traços dessa operação.
Ainda mais céptico, Sardo chamou "absurda" à ideia de que se pode chegar "à verdade" pela imagem - fotográfica ou não. "Quem vai ver o World Press Photo acredita que está a apanhar um banho de realidade. Está é a apanhar um banho de iconografia", afirmou.

2 comentários:

Anónimo disse...

Very pretty site! Keep working. thnx!
»

Anónimo disse...

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»

 
free web page hit counter